Ligue (79) 3246-2770
O que fazer após seu veículo ser ROUBADO ou FURTADO em Aracaju?
26 de novembro de 2019

No último dia 25 de novembro 11 veículos foram furtados na Grande Aracaju em apenas 24 horas*. Além do número sem dúvida alarmante, considerando o tamanho relativamente pequeno de nossa capital, chama atenção que cinco dos veículos foram carros e a grande maioria ocorreu através de roubo, ou seja, o ladrão estabeleceu contato com a vítima usando de violência ou ameaça. Esse tipo de violência urbana leva muitas pessoas a recorrerem a seguros e a proteções particulares a fim de minimizar quaisquer prejuízos que venham a ter com seus veículos.

É comum, ainda, que muitas pessoas não saibam exatamente o que fazer quando seu veículo é roubado ou furtado e, por esse motivo, acabem não utilizando todas as vias existentes para tentar recuperar seus automóveis.

Como devo proceder?

Uma situação de roubo ou furto deixa qualquer pessoa nervosa e pode acabar levando-a a não buscar todas as maneiras de tentar recuperar o veículo. Em especial quando o veículo não está segurado, as circunstâncias são ainda piores, pois o ressarcimento do valor não será possível caso o veículo não seja encontrado.

O que fazer após seu veículo ser ROUBADO ou FURTADO em Aracaju?

Em ambos os casos a primeira ação a ser tomada é ligar imediatamente para o Ciosp (Centro Integrado de Operações em Segurança Pública), pelo número 190 e informar sobre a ocorrência. Neste momento todo o sistema de segurança público da cidade de Aracaju receberá informação e poderá agir de maneira rápida, verificando imagens de câmeras de monitoramento distribuídas pela cidade, acionando viaturas e patrulhas nos bairros, acionar o SAMU no caso de alguém estar ferido, entre outras ações táticas de resposta rápida. O que será essencial para que o veículo seja prontamente localizado e recuperado. Finalizado a ligação para emergência, trate de imediatamente se dirigir a Delegacia Plantonista localizada na Rua Visconde de Maracaju, S/N – Santos Dummont, Aracaju – SE, 49060-550, contato pelo telefone: (79) 3205-5400 e fazer o registro do boletim de ocorrência. Na hora de registrar o roubo ou furto, tente se lembrar do maior número possível de detalhes sobre a situação, como horário, local, informações sobre o veículo e eventuais testemunhas. Informe também se algum objeto pessoal ou documento foi levado junto. Tudo isso pode ajudar o trabalho dos policiais.

Seja seu veículo segurado ou não, faça o registro de ocorrência.

Acreditem, algumas pessoas tem resistência em fazer o BOLETIM DE OCORRÊNCIA e são sempre surpreendidas na hora que descobrem que é essencial estar com esse documento em mãos. Para proprietários de veículos segurados, no momento do registro do sinistro junto à seguradora, será a primeira coisa a ser solicitada pelo pessoal de atendimento. E saiba: a seguradora consulta a delegacia de roubos e furtos ANTES de lhe pagar qualquer indenização, para confirmar se seu veículo continua roubado ou furtado. Em tempos digitais, essas consultas são muito mais precisas e automáticas do que você imagina. Os sistemas já operam de forma integrada à assegurar a veracidade das informações de ponta-a-ponta. Para os veículos que não possuem seguro, da mesma forma, devem realizar o registro do boletim de ocorrência. Só assim assegurarão de recuperar o bem, em qualquer tempo que seu carro/moto venha a ser localizado em qualquer região do país ou no acesso a suas fronteiras.

Além das dicas acima, há uma possibilidade extra para comunicar o crime e aumentar as chances de encontrar o veículo roubado ou furtado, oferecida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), por meio do SINAL (Sistema Nacional de Alarmes).

Segundo o site da PRF, a probabilidade de recuperação de um veículo furtado ou roubado é maior nas primeiras horas após o crime. Sendo assim, eles oferecem uma ferramenta adicional ao B.O., que disponibiliza as informações da ocorrência para todos os seus postos do país e para as viaturas com acesso ao sistema via satélite.

O registro pode ser feito pelo site (https://www.prf.gov.br/sinal) ou pelo telefone, ligando para o número 191.

* Informações sobre furtos e roubos da assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) divulgadas no link encurtador.com.br/kpK35