Ligue (79) 3246-2770
Proprietários de veículos em Sergipe já podem imprimir em casa o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – CRLV
2 de outubro de 2020
CRLV de veículos de Sergipe já pode ser impresso em casa

Proprietários de veículos em Sergipe já podem imprimir em casa o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo – CRLV na sua versão eletrônica (CRLV-e). O arquivo é disponibilizado em formato PDF e pode ser emitido acessando o site do DETRAN Sergipe na opção emissão de CRLV eletrônico. O porte do documento pelo condutor do veículo continua sendo obrigatório em todo país, por isso é necessário imprimir o documento físico em qualquer impressora, visto que a autenticidade se dá por um QR Code, que pode ser apresentado e consultado pelos agentes de trânsito em uma eventual fiscalização. O documento impresso em casa tem a mesma validade jurídica do impresso em papel moeda que antigamente era disponibilizado pelo DETRAN e enviado para residência do proprietário. O documento tem validade em toda a América do Sul.

Informações solicitadas para impressão do CRLV-e no DETRAN Sergipe:

Para emitir o Certificado de registro e licenciamento de veículos – CRLV o portal do DETRAN solicita 2 informações: o número do RENAVAM e o código de segurança.

Veja abaixo onde encontrar essa informação:

Veja na imagem a localização do código de segurança de seu CRLV
Veja na imagem a localização do código de segurança de seu CRLV

Em verde na imagem o número do RENAVAM. Em vermelho, o código de segurança.

Mas se eu não possuir o CRLV original como vou saber o código de segurança?

Se você possuir o CRLV original do veículo de anos anteriores, verifique-o e verá que o código de segurança não mudou. Se quer imprimir o CRLV-e 2020, pegue o documento de licenciamento 2019 e procure o código que fica no canto superior direito, logo acima do número do RENAVAM e utilize-o no site do DETRAN/SE para emitir o novo.

Caso não tenha mais o CRLV de anos anteriores

Nesse caso dirija-se a unidade do DETRAN em Sergipe para solicitar uma cópia. Diferentemente de outros estados, a exemplo da Bahia que permite que você crie uma conta no site do SAC Digital, o DETRAN/Se ainda não implementou em seu sistema a opção de impressão caso o proprietário não possua o código de segurança.

Mesmo tendo facilidades como o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), ainda assim precisará do código de segurança para cadastrar o CRLV-e em seu aplicativo.

Veja abaixo o passo-a-passo de como adicionar o CRLV-e em seu aplicativo:

1. Baixe o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT).

2. Faça o cadastramento, lembrando que o usuário também servirá para acessar o Portal Gov.br. Se o usuário já for cadastrado no portal do governo, basta usar os mesmos login e senha.

3. Após a ativação, fazer login no aplicativo, clicar em “veículo” e “adicionar documento”, que pode ser tanto a CNH quanto o CRLV digitais.

4. Após o cadastro, para validar o CRLV digital, basta informar o número do Renavam e o código de segurança impresso no Certificado de Registro de Veículo – CRV (antigo DUT).

5. Depois de confirmar a validação, será necessário informar o número de telefone celular. Neste momento, será disponibilizado o CRLV Digital no celular.

6. Por fim, será solicitado que o usuário crie uma senha de quatro dígitos, que deverá ser digitada toda vez que o documento digital for utilizado. O CRLV digital poderá ser acessado pelo dispositivo móvel mesmo off-line, ou seja, sem internet.

*A versão virtual dispensa o porte de documento em papel.

**O aplicativo é gratuito.

Com adesão aos poucos em cada estado brasileiro, agora finalmente a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) estão disponíveis em todo o país na versão digital. A versão eletrônica começou a ser oferecida no final de 2018 e, atualmente, já conta com 4.083.150 de CRLV digitais no Brasil. Vale lembrar que os documentos eletrônicos trazem todas as informações das versões impressas, podendo ser acessado mesmo que o proprietário esteja sem acesso à internet, já que o aplicativo gera um arquivo PDF com uma assinatura digital, que garante a autenticidade do documento.

Tópicos relacionados:
Você está na categoria: